Criminalidade aumenta, reflexo do baixo efetivo Policial oferecido pelo Estado de São Paulo em Bom Jesus dos Perdões

Estranhamente o Governo do Estado de São Paulo não veem atendendo as reivindicações para aumentar o efetivo da cidade de Bom Jesus dos Perdões. Fato é que, a cidade está desguarnecida, existe um falsa sensação de segurança por conta da cidade vizinha, Atibaia, sede de um batalhão, mesmo batalhão ao qual o destacamento de Bom Jesus pertence.

Para piorar, já a algum tempo, o sistema de telefonia 190 deixou de ser atendido na cidade, agora funciona similar ao SAMU, se uma pessoa precisar acionar a policia em situação de risco, roubo ou assalto, ao discar 190, a ligação cai em Campinas, a pessoa passa por uma triagem, o policial faz uma analise da ocorrência e aciona o policiamento local. Já no caso do SAMU, a ligação cai em Bragança.

Só nos primeiros 20 dias de Abril, diversas ocorrências foram registradas como; Senhora de  65 anos foi vitima de assalto dentro da própria casa, ameaçada com um tesoura, o ladrão roubou cerca de R$500,00 e ainda a trancou dentro da própria casa levando a chave das portas. Isso aconteceu em plena luz do dia, próximo a Escola Estadual Damante, Centro da Cidade.

Outro caso, este aconteceu no ultimo domingo(17), pegamos a postagem pelo Facebook

post

 

 

 

 

 

 

 

post1Na madrugada desta segunda-feira(18) comerciante da cidade encontra sua loja revirada ao chegar para trabalhar. Ladrões levaram computador, dinheiro, produtos e desligaram sistema de câmeras.

IMG_1745Cobradas pela população, as autoridades da cidade mais uma vez foram em busca de respostas. Por diversas vezes já protocolados, mas ainda sem surtir efeito, a comitiva mais uma vez protocolou, conversou, solicitou e ouviu que, o Governo do Estado estará formando novos policias, que cidades como São Paulo e região metropolitana possuem alto índice de criminalidade e que Bom Jesus dos Perdões não possui Índice para aumentar seu efetivo.

Mesmo assim, o Secretario Adjunto da Secretaria de Segurança Publica do Estado, em posse das demandas municipais, ficou de analisar ou ao menos encaminhar os pedidos a secretaria.

Pois bem, na semana passadas em entrevista na Rádio da cidade, foi anunciado o convenio com Estado para por em pratica a Operação Delegada, esta operação permite que policiais em dia de folga passem a trabalhar nas ruas da cidade, inclusive armados. A ideia da Prefeitura é dobrar o efetivo policial, os custos disso? claro, municipalizou! como parte da saúde e demais setores que são deveres dos governos federal e estadual.

Enfim, assassinato na feira, explosões de caixa, roubo ao deposito de construção, roubo a comerciantes, assalto com uso de tesoura, roubo a dezenas de residencias, assalto a mão armada, roubo de carros, eram palavras que ouvíamos apenas em programas de tv, hoje infelizmente estamos colhendo a omissão do Governo do Estado de São Paulo, que cumpriu com sua obrigação em atender o município com relação aos pedidos da administração municipal na construção da estação de tratamento de esgoto, trevo e ETA II, mas Governador Geraldo Alckmin, o senhor está de brincadeira em não aumentar o nosso efetivo policial, precisam morrer quantos para que isso aconteça?

 

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...